segunda-feira, março 31, 2008

Brincadeira


Olá a todas!
Hoje resolvi deixar aqui uma brincadeira, para começarmos bem a semana!
Quem nunca se viu envolvida numa situação embaraçosa que, quando passada, se torna digna de uma sonora e radiosa gargalhada???
Deixo-vos aqui a última (das muitas) que me aconteceu no "El Corte Inglés", há uns dias atrás, claro que envolveu o meu pequeno S.
Estávamos entretidíssimos a ver os dvd´s, o S. com imensas dificuldades em escolher o filme certo quando ao longe vejo que se apróxima uma sra... anã... (que me perdoem os anões, mas a situação que se segue é mesmo muito engraçada... agora, note-se!)
Penso "ai, ai, só espero que ele não veja" e tentei fazer com que ele olhasse na direcção oposta, mas mais valia ter estado quieta, porque estas coisas nunca correm como nós queremos e ele acabou por dar de caras em cheio com a sra que seria da sua altura mais ou menos. O S. tem 4 anos e mede 1,15 cms. Em plenos pulmões e com a inocência caracteristica das crianças " Ó mãe!!! Olha aqui esta senhora tão pequenota!!! Não comeu... por isso, não cresceu!!!"
Foi uma daquelas alturas em que me apetecia estalar os dedos e desaparecer... não arranjei palavras para responder decentemente, salva apenas pela boa formação da senhora que apenas sorriu e se foi afastando discretamente...
Agora, contem-me as vossas situações embaraçosas, vá lá!!!
Um grande beijinho bem disposto!

6 Comentários:

Blogger ximiusa disse...

bem, coisas embaracosas tenho mtas mas agora n m apetece chafirdar nelas, ahahahahha
olha os meus parabéns por teres dado esse passo.
eu estou mto reticent sobre o viva fit, entrei num e fez-m mta impressao.
mas ja começo a ver k tenho k m juntar a legiao d praticcantes.

março 31, 2008 11:50 da manhã  
Blogger Mishi disse...

Olá minha querida,

Penso que a situação mais engraçada que tive foi com a minha filha. Tinha ela uns 5 meses e fomos a uma consulta de pediatria, chegadas à clinica dou-lhe um biberão de leite, passado uns 2minutos, em plena sala de espera, a minha bebé dá um ENORME arroto, que as pessoas ficaram TODAS a olhar para mim. Ou seja, pensaram que tinha sido eu a fazer tal proeza... fiquei muito, MUITO embaraçada! :D

Beijinhos!!

março 31, 2008 3:23 da tarde  
Blogger Nostálgica disse...

Loool... são coisas que acontecem. As crianças são puras :)
beijo..

março 31, 2008 10:55 da tarde  
Blogger AB disse...

Essa foi mesmo de rir. Imagino a tua situação. Mas claro, ninguém pode controlar este tipo de coisas vindo de parte das crianças.
Agora de repente também me lembro de uma que me aconteceu há muitos anos atrás quando eu estava num Jardim de Infância. Ao chegar a hora de ir embora e ao chamar pela criança em vez de dizer " Anda que chegou o pai" Disse: " Anda ao teu avó" Isto não teria nada de mal não fosse o facto do senhor ter mais de 70 anos e ser de facto o pai da criança. Este foi já fora de tempo. O senhor ao ver-me tão atrapalhada apenas rematou: "Pois é, eu sei que sou muito velho mas... sou o pai!" Fiquei para morrer!

abril 01, 2008 3:30 da tarde  
Blogger Ana Garras disse...

ehehhe

A minha filha com o pai no supermercado, enquanto ele comprimentava o segurança pois eles se conheçiam, vira-se a minha filha e diz: "O senhor é preto!!"
Os 2 olharam para ela e o meu corado continuou a conversa sem fazer menção a nada e o senhor também.
No carro o meu descascou na filha que aquilo não se dizia e explicou a diferença das cores das pessoas.
Por acaso ela nunca mais disse, mas ninguém pode criticar a inocência delas....

abril 02, 2008 12:04 da tarde  
Blogger Framboesa disse...

olha...tens tempo?tipo...tens assim uns dois meses...é q levaria 2 meses a contar-te os meus embaraços...tenho tantos...

escolho este:
Há uns anos atrás fui passar ferias c os meus pais para um resort no fim do mundo; naquela noite havia uma festa qq ao ar livre e uma churrascada; estavamos na fila do buffet, quando um senhor atrás de mim me pede licença em inglês para ele chegar mais perto não sei do quê e quando okhei de relance vi que ele estava com umas caixinhas descartaveis e ía enchendo de comida; ele vendo eu a observar justificou-se, também em inglês:"a minha noiva está doente e teve que ficar no quarto...por isso vou levar a refeição lá para cima"; eu sorri e viro-me para a minha mãe: "ah sim calculo...deve mas é levar a comida lá para cima para fazerem os dois um festim tipo nove semanas e meia...aquilo vai ser molho por todo o lado, chantily..."...e quando estava a meio da minha dissertação gastronómica na galhofa com a minha mãe o senhor da-me um toque no ombro e diz com um sorriso de orelha a orelha: "Ah!Vocês também são portugueses?!"

sem comentários...acho q entrei em coma temporariamente e sorri tb c ar de quem quer desparaecer...
em minha defesa posso dizer q era o vôo inaugural para aquele destino e raramente tinham lá aparecido portugueses antes...ó cum caraças!

abril 02, 2008 12:08 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial