quarta-feira, julho 25, 2007

Magical Pieces...(16)







Pedro e Inês... a mais linda história de Amor do nosso país...



No século XIV, D. Afonso IV, rei de Portugal, combinou o casamento de seu filho Pedro, herdeiro do trono de Portugal, com D. Constança, nobre senhora de Castela.
A entrada de D. Constança em Portugal fez-se no meio de grande comitiva de gente ilustre. Houve música, danças e poesia de trovadores. Na companhia da jovem princesa viera de Castela uma linda moça, dama de honor de linhagem fidalga, que se chamava Inês. Inês de Castro vivia na corte com D. Constança e D. Pedro, desfrutando os lazeres do dia a dia, a leitura, a música e as danças, a poesia trovadoresca. A sua elegância e beleza encantadora fizeram com que o príncipe D. Pedro reparasse nela e, em breve, o fogo do amor e da paixão se ateou no coração de Pedro. O encontro dos amantes tornava-se cada vez mais frequente.
D. Constança vivia cada dia mais angustiada e triste e acabou por falecer de parto. D. Pedro ficou livre para cair nos braços de Inês.
A força do amor era tão intensa que D. Pedro mandou vir Inês de Castro para Coimbra. D. Pedro e D. Inês passaram a habitar nos paços de Santa Clara, na margem esquerda do rio Mondego. Aqui nasceram e brincaram felizes os seus filhos, por entre a ternura dos pais, o verde das flores e o azul do céu.
No início de 1355, o príncipe D. Pedro não podia imaginar o que estava a ser tramado contra a sua bela Inês. Por isso, partiu para mais uma caçada por montes e florestas, com os seus amigos. No dia 7 de Janeiro, ao cair da noite, Inês de Castro foi surpreendida pela chegada do Rei e conselheiros. Rodeada dos seus 3 filhos, Inês implorou ao Rei que lhe poupasse a vida em consideração pelos seus netos. Apesar dos apelos lancinantes, quando o luar chegou, Inês estava morta.
Ao saber da notícia, D. Pedro enraivecido desafiou o rei. A rainha promoveu a paz. Mas, ao chegar ao trono, D. Pedro não esqueceu o ódio contra os assassinos que friamente mataram a sua Inês. Mandou procurá-los e, cruelmente, foram mortos.

Mandou construir no Mosteiro de Alcobaça 2 túmulos sumptuosos - um para ele e outro para Inês que, entretanto, mandara trasladar de Coimbra para Alcobaça num cortejo fúnebre seguido por uma multidão de populares, que choravam a desgraça de Inês, e por nobres e clérigos que foram obrigados a comparecer. Diz a lenda que D. Pedro fez coroar Inês de Castro rainha e obrigou a nobreza a beijar-lhe a mão, depois de morta.


************************************

É, sem dúvida uma história linda, a de Pedro e Inês...

Bom resto de semana e até ao próximo "magical"...

11 Comentários:

Blogger M em dieta ! disse...

Olá. Sim uma historia muito bonita independentemente do que acontece ou poderia ter acontecido! Espero que esteja tudo bem com a bolota Menina Bolota. =P *

julho 24, 2007 11:27 da tarde  
Blogger Branquinha disse...

OláBolota!eis uma das coisas que adorei aprender na escola!História belíssima!Beijos

julho 25, 2007 12:02 da manhã  
Blogger macati disse...

é realmente uma das historias de amor mais famosas... um pouco trágica mas digna de ser romanceada! e viva o amor!
:)
manela

julho 25, 2007 6:55 da tarde  
Blogger Blog da Lalá disse...

Oi querida! q linda história de amor!!!! meu filho ama história chamei ele para ler seu blog hoje ele tb gostou mt tenha uma semana de paz bjs da lala.

julho 25, 2007 9:38 da tarde  
Blogger turbolenta disse...

E para melhor reviver esse amor...uma passagem pela Quinta das Lágrimas em Coimbra.

Passa pelo meu blog.
Tenho lá um desafio para ti
Bom fim de semana

julho 26, 2007 7:33 da tarde  
Blogger blue disse...

E são muito visitados os seus tumulos ke se encontram no belo mosteiro de Alcobaça

julho 26, 2007 9:24 da tarde  
Blogger kel disse...

OI...
ahh... essa história faz sempre "saltar" o meu lado romantico...
Quem é que não gostava de ser amada tão intensamente??
eu gostava!!! lol
bjokas

julho 27, 2007 1:41 da manhã  
Blogger Ana Bastos disse...

bonita história de amor!!!
booooom fim-de-semana para ti!!!
BJINHU

julho 27, 2007 12:11 da tarde  
Blogger Algodão Doce disse...

Olá :))

Que linda história de amor.

Espero que tenhas um optimo fim-de-semana, o tempo vai estar optimo aproveita-o!
Beijinhos doces

julho 28, 2007 9:27 da manhã  
Blogger Gioconda disse...

Conheço também essa linda história de amor.... cá estou eu a marcar presença, mesmo que sejam poucas vezes.... uma beijoca e vou "descer" nos posts para me pôr em dia.

julho 28, 2007 10:31 da tarde  
Blogger Gordinha disse...

Essa é realmente uma história maravilhosa!

Beijos

agosto 24, 2007 6:56 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial